h1

TOC-TOQUE ou Os dedos abertos da Emanoelle Farias

04/02/2011

Esquisitices todo mundo tem. Eu conheço gente com mania de estalar o dedão do pé, gente que confere 30 vezes se trancou a porta, um mundo de gente que fala sozinha andando na rua, gente que quando está estressada coça a cabeça até se ferir e por aí vai. Mas eu não tenho medo nenhum de dizer que eu possuo uma das esquisitices mais bizarras dentre as que eu conheço, isso se não for a mais bizarra: EU TENHO PROBLEMAS EM ENCOSTAR EM MIM MESMA.

É isso mesmo, você não leu errado, eu tenho problemas no contato comigo mesma. Como assim? – você deve estar se perguntando. Calma, vou explicar. Eu tenho muito nervoso quando meus dedos tocam uns nos outros, quando eu dobro a perna e a panturrilha encosta na parte traseira da coxa, quando o pescoço dobra e toca o ombro, quando o braço toca o tronco, entendeu a lógica? Se eu apóio o rosto sobre a mão, ou o cotovelo na perna, não tem problema. Eu só tenho problema com contatos involuntários e duradouros. No calor, então? Fico absolutamente desesperada com estes toques lubrificados pelo suor. Quando gruda eu entro em parafuso.

Lembro que a felicidade da minha vida, foi quando, andando pelas ruas de São Paulo encontrei um camelô vendendo meias com espaço separado pros cinco dedinhos! (Porque, se você não sabe, em São Paulo as pessoas vendem muitas meias pelas ruas, muitas mesmo.) Eu fiquei emocionada em encontrar parte da solução do meu problema. Aqui no Rio eu já havia comprado aquelas com o dedão separado, mas o alívio que a dos cinco dedinhos proporciona é incomparável.

Se eu fosse você, leitor, uma pessoa normal com esquisitices razoáveis, eu estaria me perguntando como é possível viver dessa forma. Mas, graças a Deus, minha esquisitice tem mais um aspecto: ela é intermitente. Isso quer dizer, que ela não acontece o tempo todo, só quando eu me lembro que sou esquisita, juro. Agora, por exemplo, estou com os dedos dos pés super arreganhados, mas daqui a pouco esquecerei e os deixarei encostadinhos sem maiores problemas. Portanto, se em algum momento você quiser me desestabilizar, mencione o fato de eu estar tocando a mim mesma que você terá sucesso.

Anúncios

6 comentários

  1. hehehe. Eu sei, eu sei…


  2. coisa de maluco…


  3. eu tenho alguns mas são superáveis…kkkk
    beijos
    bom fds.


  4. HAHAHAHHA morri!


  5. Que isso? lhe digo:
    blogagem de primeira!


  6. Manu, encontrei alguém igual a mim! Comigo acontece a mesma coisa mão não em relação a eu encostar em mim mesma… eu não gosto que OS OUTROS encostem em mim, principalmente durante um diálogo. Eu fico irritada ou sinto cócegas quando isso acontece… é um saco e quem é amigo rpóximo já sabe. As vezes eles fazem isso de propósito e se espantam pq não estou reclamando… mas aí explico: aaah pow, eu nem percebi! Agora que vc falou não vou deixar encostar mais HAHAHAHAHHA
    BEIJOOO



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: